A Prefeitura de Sobral protocolou na manhã da última sexta-feira (13/04), na Câmara Municipal, o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o ano de 2019. A receita estimada para Sobral próximo ano é de R$ 727 milhões. Foram consideradas as ações que estão sendo tomadas para incremento do Imposto Sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU), referente ao recadastramento dos imóveis e nova planta de valores, e Imposto Sobre Serviços (ISS) de qualquer natureza, que se refere a contratação de novos fiscais e de um novo sistema de arrecadação.

Também foram considerados o recomeço das atividades do Contencioso Administrativo Tributário do Município de Sobral (Contrim), bem como a operação de crédito com a CAF (Banco de Desenvolvimento da América Latina), em US$ 50 milhões. Deve ainda ser ressaltado que, assim como no ano passado, a LDO foi integralmente elaborada por técnicos do município de Sobral.